Três adolescentes se suicidam na região em 10 dias

Por Roysen sousa 30/09/2019 - 16:05 hs

Último caso foi de menina de 12 anos que se jogou do 19º andar de prédio, no Campesina, em Osasco, após ter sido repreendida pela mãe por uso excessivo do celular. Um aluno da Fito se matou em seu quarto e outro se atirou do 14º andar em Barueri.

Uma garota de 12 anos se atirou do 19º andar do prédio onde morava, na Vila Campesina, Zona Sul de Osasco, e morreu no próprio local, antes mesmo da chegada do socorro. Informações obtidas pelo Diário da Região apontam que o suicídio aconteceu após uma discussão familiar. Na tarde de quinta-feira, a garota foi repreendida pela mãe pelo uso excessivo do telefone celular, principalmente por estar na semana de provas.

 
Ela permaneceu no quarto e a mãe, que trabalhava em casa, voltou para sala. Depois, ouviu um barulho e viu um aglomerado de pessoas no térreo do prédio. Decidiu então ir até o quarto da filha e viu que a rede de proteção da janela estava cortada e que a menina não estava mais lá. O corpo da garota estava caído no gramado do edifício, que fica na altura do número 300 da avenida deputado Emilio Carlos. Uma equipe do Samu foi acionada, mas quando chegou ao local, a garota já estava sem vida.
 
A polícia técnica esteve no local e peritos não encontraram indícios de violência, reforçando a tese de que a garota realmente tenha cortado a grade e se atirado. No quarto também foi encontrada uma tesoura infantil. Segundo familiares, a relação com a menina era tranquila e os poucos desentendimentos ocorriam por cobranças pelos estudos. Mas a polícia também analisa duas mensagens deixadas por ela, recentemente, nas redes sociais e que podem ser consideradas “despedidas”.
 
Este caso, registrado no final da tarde de quinta-feira, foi o terceiro, em menos de 15 dias, envolvendo suicídio de adolescentes em cidades da região. Na madrugada da última terça-feira, um jovem de 17 anos, alunos da Fito (Fundação Instituto Tecnológico de Osasco), também tirou a própria vida, em seu quarto. A forma como ele morreu não foi divulgada. Já no dia 16, um adolescente de 16 anos se atirou do 14º andar de um edifício comercial na avenida Anápolis, em Barueri.