Campanha de Vacinação contra a Gripe é prorrogada até o dia 15

Campanha de Vacinação em cotia

Por 24h 04/06/2018 - 22:31 hs
Foto: Vagner Santos
Campanha de Vacinação contra a Gripe é prorrogada até o dia 15
Vacinação gripe



Dados do Ministério da Saúde mostram que 335 pessoas morreram, em todo o País, em decorrência da doença

 

A Campanha de Vacinação contra a Gripe Influenza, que terminaria no dia 1º de junho, foi prorrogada até o dia 15/06. A medida foi adotada pelo Ministério da Saúde por conta do impacto no atendimento em saúde causado pela greve dos caminhoneiros. Em Cotia, a Secretaria de Saúde disponibiliza a vacina em todas as 25 Unidades Básicas de Saúde (UBS's) para o público-alvo, gratuitamente, de segunda a sexta-feira, das 9h às 16h.

A campanha é direcionada para profissionais da saúde, indígenas, pessoas com 60 anos de idade ou mais, crianças entre seis meses e menores de cinco anos de idade, gestantes e puérperas, professores, privados de liberdade e comorbidades (pessoas com doenças crônicas não transmissíveis). A dose aplicada na campanha é a trivalente (H3N2, H1N1 e Influenza B).

A Vigilância Epidemiológica de Cotia alertou que a procura pela vacina está abaixo do esperado e a meta de imunizar pelo menos 90% do público-alvo está longe de ser alcançada. A maior cobertura de vacinação é a dos idosos e as menores são de crianças menores de cinco anos, gestantes, puérperas e professores. Dados atualizados até o dia 1/06, mostram que Cotia vacinou 55,67% do público-alvo. "Quem ainda não se vacinou e faz parte do grupo prioritário, deve procurar uma UBS para se imunizar e, essa prorrogação na campanha é uma excelente oportunidade", disse o prefeito Rogério Franco.

Uma gripe pode evoluir para doenças mais sérias e, em casos extremos, levar à morte. De acordo com o último levantamento do Ministério da Saúde, foram registrados 2.088 casos de gripe em todo país e 335 pessoas morreram em decorrência da doença. O tipo mais grave de gripe foi o H1N1, com 218 óbitos e 1.262 casos. Das pessoas que faleceram, 70% possuíam ao menos algum fator de risco, como idosos com mais de 60 anos cardiopatas, pneumopatas e com diabetes millitus.

 

Cobertura vacinal (Influenza) até 1/06

Crianças menores de 5 anos: 33,44%

Gestantes: 61,78%

Puérperas: 49,52%

Idosos: 82,13%

Professores: 51,56%

Cobertura total do público-alvo: 55,67%

Fonte: Vigilância Epidemiológica de Cotia