Lins sanciona lei que libera faixas de ônibus para veículos escolares

Lins sanciona lei que libera faixas de ônibus para veículos escolares

Projeto de lei foi apresentado, na Câmara Municipal, pelo vereador Ralfi Silva e prevê tráfego liberado para peruas e vans de segunda a sexta-feira, das 6 às 20 horas

Por Redação 12/09/2017 - 12:54 hs

As faixas de ônibus de Osasco estão liberadas para a circulação de veículos escolares.  A lei 4.824,  de 1º de setembro de 2017, foi sancionada pelo prefeito Rogério Lins e publicada na edição do dia 6 da Imprensa Oficial do Município de Osasco. Ele teve como origem projeto de lei, apresentado pelo vereador Ralfi Silva, e que foi aprovado, em duas votações, pela Câmara Municipal, antes de seguir para sanção. A medida vale de segunda a sexta-feira, das 6 às 20 horas. Mas só para veículos escolares devidamente identificados e registrados no Departamento de Transporte Público da prefeitura. Para trafegar nos corredores exclusivos para ônibus, eles podem estar com ou sem passageiros. 

Segundo afirmou Ralfi, na justificativa da proposta, o objetivo é facilitar a locomoção de estudantes na ida ou volta das unidades escolares. “Assim como os municípios de grande porte, Osasco tem dificuldades no tráfego em suas vias, sofrendo com congestionamento que dificultam o rápido deslocamento, podendo gerar atrasos aos alunos que perderiam as aulas por estarem presos nestes engarrafamentos”, destacou ele. Osasco conta com faixas exclusivas para ônibus em suas principais avenidas, incluindo toda a extensão da Autonomistas e ainda  em trechos da Getúlio Vargas, João Batista, Presidente Vargas, Presidente Kennedy e Nações Unidas. Há também faixas delimitadas para os coletivos em ruas da região central, como a Primitiva Vianco e a Antônio Agu e Marechal Rondon. Elas têm uso exclusivo aos ônibus de segunda a sexta-feira, das 6 às 22 horas, e aos sábados, das 6 às 14 horas. Fora desses horários, o uso é liberado a todos os veículos. Ralfi também é autor de projeto, que ainda tramita na Câmara, autorizando a circulação de todos os tipos de veículos nos corredores, mas fora dos horários de pico.