Contas vencidas podem ser pagas em qualquer banco

Contas vencidas podem ser pagas em qualquer banco

Medida é para boletos acima de R$ 50 mil

Por Redação 10/07/2017 - 21:56 hs

Boletos bancários vencidos, com valores acima de R$ 50 mil, podem ser pagos em qualquer Banco ou correspondente bancário a partir desta segunda-feira, dia 10. A medida faz parte de uma nova plataforma de cobrança, adotada pela Federação Brasileira dos Bancos (Febraban) e que terá implantação gradual, em todo o País, até dezembro, quando passa a vale para documentos de qualquer valor. O sistema anterior só permitia o pagamento de contas vencidas no Banco que emitiu a cobrança.

De acordo com calendário da federação, a partir de 11 de setembro também poderão ser pagos, em qualquer banco, boletos a partir de R$2 mil. Já a partir de 9 de outubro, os que tem valor acima de R$500. Em 13 de novembro, os de valor a partir de R$200. E, em 11 de dezembro, a medida passa a valer para todas as contas.

Dados da Febraban apontam que cerca de R$ 3,5 bilhões de boletos são emitidos por ano no Brasil. O sistema atual está em vigor há mais de 20 anos não é integrado entre as instituições financeiras, o que não permitia o pagamento após os vencimentos nos Bancos fora da origem do documento.

Segundo a entidade, além do pagamento do boleto vencido em qualquer agência bancária, a nova plataforma permitirá a identificação do CPF do pagador, facilitando o rastreamento das cobranças. Quando o consumidor fizer o pagamento, será feita uma consulta à nova plataforma para checar as informações. Se os dados do boleto coincidirem com os que estão no sistema a ser implantado, a operação é validada. Já se houver divergência, o pagamento do boleto não será autorizado e o consumidor poderá realizar o pagamento exclusivamente no banco que emitiu a cobrança.

Por determinação do Banco Central, todos os boletos enviados aos consumidores devem conter necessariamente o nome e o CPF do pagador, além de data de vencimento e valor do pagamento e autorização do cliente para que enviem a cobrança à residência.